segunda-feira, 12 de junho de 2017

Projeto de Lei prevê regulamentação dos assaltos

A Câmara e o Senado Federal abriram uma discussão sobre um polêmico projeto de Lei, que prevê a regulamentação dos assaltos praticados no dia-dia por criminosos. De acordo com o senador que propôs o projeto, o país já não tem mais controle das ações dos bandidos, e a polícia não consegue mais combater o crime. O projeto que regulamenta os assaltos autoriza criminosos com cadastro e autorização do governo a praticar assalto, entretanto, sem utilizar da violência.

Entenda como funcionará o Projeto de Lei: 

- Os assaltantes precisam se cadastrar no Governo Federal e não podem ter processo por crime de homicídio (ou seja, só terá o cadastro aprovado quem ainda não matou ninguém).

- Ao praticar o assalto o bandido não poderá usar de violência, mas poderá usar uma arma, desde que sem munição, para intimidar a pessoa que será roubada. 


 Senadores e Deputados estão divididos quanto ao projeto. Alguns afirmam que se trata de um absurdo, outros são a favor porque acreditam que essa regulamentação vai reduzir em grande proporção o numero de pessoas mortas em assaltos.

O fato é polêmico e deverá gerar uma série de debates entre os congressistas. O Presidente Temer ainda não se pronunciou sobre o caso. O apresentador da TV Bandeirantes, José Luiz Datena, disse que isso é uma pouca vergonha.